Notícias

Ações na área da educação visam combate às fake news

Estudantes e educadores podem acessar conteúdo digital para combater popularização de notícias falsas

De Secretaria Especial de Comunicação

Desde o início de abril, estudantes e professores da rede municipal de ensino da capital paulista podem fazer um curso online de conscientização e combate às “fake news” (notícias falsas) que são postadas em sites, aplicativos de mensagens e redes sociais, levando desinformação aos leitores. As discussões seguem até 1º de maio.

O curso é uma iniciativa do programa da Prefeitura Imprensa Jovem, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), com a equipe da plataforma digital “Vaza, Falsiane!”. A ação também recebe apoio do programa Educamídia, que é vinculado ao Instituto Palavra aberta.

A formação, totalmente gratuita, foi dividida em 13 módulos. Dentre os temas a serem estudados, estão: Como saber se é verdade o que ouvi dizer?; Abrindo a caixa preta do WhatsApp; Como usar o diálogo para combater as notícias falsas e O mercado lucrativo das notícias falsas.

Para assistir os conteúdos online, clique neste link.

Cidadania Digital

Outra importante iniciativa de combate à divulgação de notícias falsas é a “Cidadania Digital”. Material elaborado pelo Google e Foreducation EdTech, traz diversas dicas para os internautas para o uso da tecnologia de forma responsável e segura, durante o uso das ferramentas digitais que estão à disposição da comunidade escolar.

Também elaborada pelo Google, os internautas podem acessar a página “Central de privacidade e segurança”, que traz todas as diretrizes da empresa e  garante total sigilo e privacidade dos dados pessoais das famílias, estudantes e educadores. Além disso, a empresa lista uma série de perguntas e respostas garantindo a proteção de informações pessoais dos internautas.

Conheça o conteúdo da Cidadania Digital neste link.

Confira todas as informações da Central de privacidade e segurança neste link.

Ações do documento