Serviços para Cidadão

Programa Saúde do Animal (PSA)

Instituído no ano de 2001, o Programa Saúde do Animal (PSA) tem como objetivo fortalecer a guarda responsável de animais visando reduzir o número de cães e gatos abandonados na cidade, além de buscar a diminuição da ocorrência de agravos e do risco de transmissão de zoonoses por essas espécies. Para cumprir sua missão, o PSA se baseia em cinco pilares:

- Educação em posse responsável;

- Esterilização em massa de cães e gatos;

- Registro de animais;

- Adoção responsável;

- Incentivo à criação de leis que dêem suporte a essas ações.

Ações do PSA

O Programa Educativo Para Viver de Bem Com os Bichos - O programa tem como objetivo a educação continuada em guarda responsável de animais de estimação e manejo adequado do ambiente para a prevenção e controle da fauna sinantrópica. Nos anos de 2002 a 2013 o programa contou com a participação de cerca de 2.400 Unidades Educacionais municipais, estaduais e particulares de ensino fundamental e educação infantil.

Convênio com entidades de proteção animal e clínicas veterinárias contratadas - Entre outubro de 2001 e outubro de 2013, foram realizadas 575.972 cirurgias de esterilização em cães e gatos. Do total de animais esterilizados, 51% foram cães e 49% gatos. O número de fêmeas tem sido consideravelmente maior. Entre os cães, 72,6% foram fêmeas e entre os gatos, 61,8% foram fêmeas, o que é consonante com o preconizado para controle de populações.

Registro Geral Animal (RGA) - É um registro feito para identificar todos os cães e gatos do município, obrigatório por lei a partir de fevereiro de 2002. Até outubro de 2013, cadastrou aproximadamente 902.095 animais. Vale lembrar que o conhecimento do tamanho das populações, suas características e distribuição norteiam políticas de saúde pública e saúde animal.