Serviços para Cidadão

Guarda Responsável

Guarda responsável é o conjunto de regras básicas que deve ser seguido pela família que decide ter um animal de estimação a fim de garantir a saúde física e mental, a segurança e o bem estar do novo membro da família.

Entendendo a guarda responsável:

1- Antes de decidir levar pra casa um cão ou gato, tenha em mente que ele viverá em média doze anos ou mais e que necessitará de cuidados, independentemente das mudanças que sua vida venha a sofrer no decorrer desse período;

2- É preciso estar ciente que o animal traz despesas (alimentação, cuidados veterinários e de higiene, entre outros) que devem ser consideradas no orçamento familiar;

3- Todo mundo na sua casa gosta e quer a presença de um cão ou gato?

4- Os animais são seres sencientes, ou seja, eles sentem dor, sentem medo, sentem saudade, alegria, tristeza. Eles são parte da família e precisam de amor e cuidados como as crianças por exemplo;

5- O comportamento e personalidade do animal deve ser adequado ao estilo de vida e personalidade do tutor, ou seja, um animal ativo, precisa de um tutor tambem ativo;

6- Cães e gatos precisam de assistência veterinária ao longo de toda a vida. Precisam de vacina periódica, precisam de exames, precisam de cuidados sempre que necessário;

7- Eles precisam de comida e água fresca sempre à disposição;

8- Precisam ter abrigo do sol e da chuva, precisam de uma cama quentinha e muito amor;

9- Os animais não podem ficar presos em correntes nem podem sair para a rua desacompanhados;

10- Cuidado com as fugas! Portão sempre fechado; cuidado redobrado. Quem ama cuida e protege!

11- Faça o Registro Geral do Animal (RGA) e mantenha a plaqueta de identificação no pescoço sempre!

12- Se a opção for um gato, janelas sempre teladas!

13- Bater nem pensar. Eduque com amor. O tutor responsável socializa seu animal com brincadeiras e exercícios diários;

#PraCegoVer: Fotografia de um cachorro. Ele é caramelo, está em um gramado e também está com a língua para fora.

14- Na hora do passeio, cão sempre na guia. E todo cuidado nos dias muito quentes. As patinhas queimam;

15– Tutor consciente castra seu animal de estimação;

16- O animal não pode ser abandonado em situação alguma, muito menos quando fica velho ou doente. Lembre: abandono, além de ser um ato cruel, é crime!

17- Prefira sempre adotar ao invés de comprar. Quando você adota, você ajuda a tirar um animal das ruas ou abrigos.